Microsoft corta o acesso ao Messenger em cinco países

A Microsoft interrompeu o acesso dos usuários ao Windows Live Messenger em cinco países "sujeitos às sanções dos EUA".

Um porta-voz da empresa confirmou que o acesso foi interrompido, mas não mencionou detalhes sobre quais países foram afetados, mas sabe-se que os cinco países afetados são Cuba, Síria, Irã, Sudão e Coréia do Norte.

Quando os usuários nestes países tentarem se conectar ao Windows Live Messenger, eles receberão a seguinte mensagem de erro:

810003c1: We were unable to sign you in to the .NET Messenger Service.

Fonte: Site Baboo

Anúncios

Aviso aos que vão rumo ao Teched Brasil 2009.

Pessoal assim como eu, creio que alguns aqui irão para o Teched Brasil 2009, gostaria de informá-los que após fazer uma pesquisa nas companhias aéreas, consegui achar uma promoção show pela TAM, quem quiser economizar não perca a chance, hoje após uma luta com site da TAM consegui comprar : Ida Recife- SP : R$149,50 e Volta SP-Recife R$149,50 + umas taxas. Nas outras companhias como a gol e azul estavam o menor preço por : R$ 229,00, se liguem.
 
Opa lembrando aos marinheiros de primeira viajem que o custo do teched é o seguinte:
 
– Passagem Aérea de ida e volta
– Hospedagem dias 25 à 27(bom chegar um dia antes e sair um dia depois)
– Alimentação(no evento eles dão alimentação, ou seja, lanche)
– Levar uma graninha extra.
 
, pronto sem nenhum mistério.
 
Abraços do amigo Maycon para todos.

Technet Magazine Edição Junho 2009

Application Compatibility: Inside the Application Compatibility Toolkit 5.5

The Application Compatibility Toolkit (ACT) lets users know whether applications are compatible with a new version of Windows before deployment and can also help them determine how an operating system update will impact these applications. By taking a look under the hood of the Application Compatibility Toolkit, readers are better able to evaluate the potential of each tool and invest in them appropriately. Chris Corio and Chris Jackson

Application Compatibility: Planning Your Application Compatibility Project

One of the biggest obstacles that hinder operating system upgrades is application compatibility, so it makes sense to design a project that will reveal the applications you have and figure out what will work or how to fix things ahead of time. This article describes what you have to consider to implement a successful project. Chris Jackson

Group Policy: Automating Group Policy Management with Windows PowerShell

Group Policy is used in almost every environment and relied on by many to secure and their Windows environment. Surprisingly few have introduced automation into the process, however. This article explains how to take advantage of the GPMC APIs and Windows PowerShell to automate management of Group Policy in your organization. Darren Mar-Elia

Active Directory: Using Catch-All Subnets in Active Directory

In an ideal world, users are directed to the appropriate domain controller for Active Directory authentication, but this is not necessarily what happens in most organizations due to IP subnet information not being properly defined in Active Directory. This article presents a solution to ensure users locate the appropriate DC for authentication—a catch-all subnet to catch the authentication from clients on subnets are not defined in Active Directory. John Policelli

Web Infrastructure: Providing Scalability for ASP.NET Applications

Although Web technology provides an elegant architecture of Web farms and load balancers for ASP.NET applications, data storage technologies have not kept pace, so the applications are unable to scale effectively. The solution is an in-memory storage mechanism that can grow linearly—a distributed cache, as this article discusses. Iqbal Khan

Nova York – Durante TechEd 2009, Microsoft confirma que novo sistema operacional chega às prateleiras a tempo da época de compras natalinas.

A Microsoft lançará o Windows 7 oficialmente em tempo para o Natal, época tradicionalmente movimentada para o comércio mundial, confirmou a companhia nesta segunda-feira (11/05).

"Se o feedback e a telemetria do Windows 7 atingir nossas expectativas, então entraremos nas fases finais do processo de RTM em cerca de três meses", afirmou Steven Sinofsky, vice-presidente sênior do grupo de engenharia do Windows em post

"Se tivermos sucesso nesta etapa, então iremos atrás do nosso objetivo de ter PCs com Windows 7 disponíveis até o final do ano", continuou, ecoando comentários feitos por outro executivo, o vice-presidente da unidade Windows Business, Bill Veghte.

O limite de três meses para o RTM, nome técnico que define quando o software é enviado para fabricantes de computadores, significa que o Windows 7 estaria pronto para lançamento corporativo em agosto.

Caso siga o ritmo de desenvolvimento de seus dois antecessores, o Windows Vista e o Windows XP, o novo sistema operacional poderá chegar às prateleiras, seja instalado em PCs ou em caixinhas, entre os dias 11 de outubro e 4 de novembro.

A Microsoft também afirmou que planeja divulgar um preview técnico da próxima versão do seu pacote de produtividade, Office 2010, em julho para todos os presentes do Worldwide Partner Conference (WPC) 2009, que acontece em julho, em Nova Orleans.

O diretor do grupo de produtos da Microsoft, Ward Ralston, afirma que o preview é "uma versão que sentimos ter qualidade suficiente para que clientes possam testar com sucesso o produto e nos dar feedbacks".

O Windows Server 2008 R2, versão especial para servidores do sistema operacional, estará disponível sob o mesmo cronograma, revelou a empresa na abertura do TechEd 2009, que acontece em Los Angeles a partir desta segunda.

A Microsoft divulgou a segunda versão de testes do Windows 7 no começo de maio, sinalizando que está se aproximando do prazo para lançamento final do produto.

Até agora, porém, a Microsoft só vem dando pistas sobre a data de oficialização, sem citar nominalmente o dia em que o novo sistema chega aos clientes corporativos e às prateleiras do varejo.

A confirmação da companhia de que o sistema chega antes do Natal faz com que a diferença entre o Windows 7 e seu antecessor, o Windows Vista, seja de três anos, derrubando pela metade o tempo de desenvolvimento entre o Windows XP e o Vista.

Fonte: idgnow