Agenda do 1º dia do Teched 2007 !!!

 

Pessoal foi liberada a grade do primeiro dia do Teched 2007, segue abaixo :
 
Agenda 1 º dia – Quarta-feira
5 de Dezembro de 2007
    

Horário

Palestra

Palestrante

13:00 – 14:30

Credenciamento

14:30 – 14:40

Abertura Oficial do Teched Brasil 2007

Carlos Ferreira (Diretor de Novas Tecnologias e Inovação –  Microsoft Brasil)

14:40 – 14:50

Comunidades Technet e MSDN Brasil

Video Technet / MSDN

14:50 – 15:20

Lançamento: Windows Server 2008 e SQL 2008

Eduardo Campos (Gerente Geral da Divisão de Windows Server -Microsoft Brasil)

15:20 – 15:50

Lançamento: Visual Studio 2008

Thom Robbins (Diretor de Marketing da Plataforma .NET – Microsoft Corporation)

15:50 – 17:10

Rumo à TI Dinâmica – Roadmap e Futuro

Barry Briggs (General Manager do Grupo de Plataformas Avançadas – Microsoft Corporation)

17:10 – 17:30

Coffee Break

17:30 – 18:20

Unificando as Comunicações

Eric Swift (Diretor Senior do Grupo de Comunicações Unificadas – Microsoft Corporation)

18:20 – 18:35

Por Dentro da Estratégia de Interoperabilidade da Microsoft

Roberto Prado (Gerente de Estratégias – Microsoft Brasil)

18:35 – 18:45

Patrocinadores

18:45 – 19:00

Aproveite melhor seu Teched !

Danilo Bordini (Especialista de Infraestrutura) e Rogério Cordeiro (Especialista de Desenvolvimento)

 

 

 
abs, Maycon Alves!!
Anúncios

A Promessa da Virtualização

O mundo inteiro está falando sobre virtualização, considerada por muitos o Santo Graal do TI. No entanto, a maioria das pessoas, dos fornecedores de tecnologia e das corporações equipara a virtualização à virtualização de máquina: execução de mútiplos sistemas operacionais em um só servidor. Na verdade, virtualização de máquina não uma solução que se encaixa em todas as situações. A virtualization é muito mais importante e causa uma impacto muito maior.

Virtualização – o ato de isolar ou desconectar um recurso de computação dos demais – deve ser aplicado a todas as camadas de uma pilha de computação, do centro de dados até a estação de trabalho.

Static vs. Virtual Computing
A pilha completa da virtualização

Ao invés de agregar várias camadas – o sistema operacional ao hardware, a aplicação ao sistema operacional e a interface do usuário à máquina local – a Virtualização relaxa a relação direta que essas partes têm umas com as outras. E isto gera muitas oportunidades, bem como desafios para o TI. Por exemplo, o sistema operacional pode ser dissociado do hardware físico que o executa usando a Virtualização de hardware (incluindo Virtualização de servidor e estação de trabalho), enquanto a Virtualização de aplicação permite uma dissociação análoga entre o sistema operacional e a aplicação que o utiliza. Da mesma forma, a virtualização da apresentação permite a separação da interface do usuário de uma aplicação da máquina física onde a aplicação é executada. Isso possibilita a execução de uma aplicação em um local enquanto ela é controlada em outro.

Solucionando Problemas Reais

A separação dessas camadas proporciona maior flexibilidade, sob todos os aspectos, à infra-estrutura de TI. A separação permite que o hardware e software sejam usados das mais diversas formas, além de facilitar a diversificação. Além disso, ao isolar áreas problemáticas, a separação das camadas torna os seus sistemas muito mais seguros. Ela simplifica muitas das tarefas com as quais sua equipe de TI costumam lidar e elimina os problemas insolúveis que afetam o TI todos os dias.

Acelerar as implantações de aplicações, garantir que os sistemas as aplicações e os dados estejam sempre disponíveis, simplificar a reconstrução e desconstrução de servidores e estações de trabalho para testes e desenvolvimento, reduzir riscos, cortar custos e melhorar a agilidade de todo o ambiente: a virtualização tem o poder de transformar a sua infra-estrutura do centro de dados até a estação de trabalho.

Uma Visão Holística da Virtualização

A experiência nos mostrou que a Virtualização em larga escala pode oferecer benefícios significativos. Mas também aprendemos que, ao mesmo tempo, a virtualização também traz uma série de desafios – como o gerenciamento de "ilhas” de ativos físicos e virtualizados desordenados. É por isso que aconselhamos o uso de ferramentas de teste para simplificar e acelerar o gerenciamento de toda a sua infra-estrutura e todos os processos associados a ela. É preciso se certificar de que a adoção da tecnologia de virtualização não trará resultados que comprometam os benefícios que ela oferece.

Esta virtualização holística é mais do que uma simples teoria. Para a Microsoft, e para muitos de seus clientes, é uma realidade. Soubemos aproveitar o potencial e a experiência de nossos colaboradores, parceiros, produtos e soluções para oferecer uma experiência completa de virtualização.

A virtualização holística pode ajudar as organizações a avançar em direção a um estado dinâmico, proporcionando muito mais flexibilidade aos sistemas de TI e dinamizando as mudanças. Através da adoção dessas melhores práticas, você poderá aproveitar todos os benefícios dessa poderosa tecnologia:

Melhores Práticas para Virtualização 360:

  1. Desenvolver uma estratégia coesa de virtualização por toda a infra-estrutura de TI
  2. Integrar o gerenciamento das máquinas físicas e virtuais com ferramentas baseadas em diretivas para reduzir a complexidade do sistema
  3. Potencializar segurança avançada, continuidade e técnicas de recuperação para maximizar a disponibilidade
  4. Conduzir as mudanças de cultura necessárias para gerenciar com eficiência os recursos em um ambiente virtual.

Você já tem uma idéia do que a virtualização é capaz e agora quer explorar ainda mais essa tecnologia? Você precisa de um serviço de acesso para começar a trabalhar rapidamente e com segurança? Quer aproveitar todo o potencial de sua organização? Não importa qual seja a sua necessidade, a Microsoft tem a experiência, os recursos e a rede de soluções para ajudá-lo a chegar lá.

Com a virtualização da Microsoft, tudo é virtualmente possível.

Fonte:http://www.microsoft.com/brasil/servidores/virtualizacao/promise.mspx

Microsoft divulga versão quase final de terceira atualização do XP

Framingham – O pacote de atualização (SP3, da sigla em inglês) é o maior do sistema operacional da Microsoft que já tem seis anos.

Menos de uma semana depois de anunciar a versão quase final do Windows Vista SP1, a Microsoft silenciosamente divulgou o Release Candidate do Windows XP para 15 mil testadores.

O pacote de atualização (SP3, da sigla em inglês) é o maior do sistema operacional que já tem seis anos. A versão final deve ser lançada no primeiro semestre de 2008.

A Microsoft, até agora, não tem dado muitas informações sobre os recursos do Windows XP SP3.

De forma geral, ela não tem mencionado a atualização para não atrapalhar o progresso do seu novo sistema operacional, o Windows Vista, que já vendeu 88 milhões de cópias.

Analistas de mercado têm especulado que a Microsoft, que já fez várias concessões, incluindo a extensão do suporte e uma nova data para o fim da venda no varejo do Windows XP, quer evitar que o sistema operacional impeça um progresso mais rápido do Vista.

Uma recente pesquisa da Forrester, no entanto, mostrou que o Windows XP é o principal concorrente do Vista, em vez do Linux ou Mac OS X, o sistema operacional da Apple.

De acordo com a pesquisa  com cerca de 600 empresas com mais de mil funcionários, nos Estados Unidos e na Europa, 84% dos PCs rodam atualmente o Windows XP. Há um ano, a base era de 67%.

O Windows XP SP3 deve conter mais de mil correções que já foram divulgadas nos últimos três anos, bem como quatro novos recursos.

O Windows XP foi lançado pela Microsoft em outubro de 2001. A última atualização, chamada de SP2, foi divulgada em agosto de 2004.

 

Fonte: Idgnow

Microsoft melhora desempenho do Vista em atualização mensal de segurança

Framinhgam – Correção mensal, que acontece nesta terça-feira (13/11), também vai melhorar confiabilidade do sistema operacional Windows Vista.

A Microsoft vai melhorar o desempenho e a confiabilidade do sistema operacional Windows Vista, durante a atualização que faz toda segunda terça-feira do mês para seus produtos.

A atualização mensal, conhecida no meio tecnológico como Patch Tuesday, é realizada para corrigir problemas de segurança dos softwares da Microsoft.

Cercada por sigilo, a Microsoft dessa vez revelou o conteúdo de três atualizações, consideradas de alta prioridade.

"Como mencionamos anteriormente, nós usamos o Windows Update com regularidade para entregar atualizações do Windows Vista", disse Nick White, gerente  de programas da Microsoft, em um post no blog da companhia.

As três atualizações que a Microsoft vai fazer não são novas. Elas estão disponíveis desde outubro, quando a companhia as publicou em seu site de download.

Nesta terça-feira, no entanto, é a primeira vez que elas serão oferecidas aos usuários por meio do sistema de atualizações automáticas, o Windows Uptade.

Fonte: Idgnow

Eliminando o lixo eletrônico com o Exchange Hosted Filtering

Por Daniel Bohm

O uso abusivo de emails pode prejudicar os negócios e anular os benefícios do email como uma ferramenta de comunicação. Neste artigo, eu apresento o Microsoft Exchange Hosted Filtering, um serviço hospedado para emails de entrada e saída que fornece uma linha de defesa contra malwares enviados por email. Um dos quatro Serviços Hospedados do Exchange, o Exchange Hosted Filtering fornece às organizações proteção anti-spam e antivírus, imposição de diretivas e uma funcionalidade básica de recuperação de desastre, tudo em uma única solução. O Exchange Hosted Filtering fornece uma experiência não assistida de segurança de emails para os clientes por meio da atualização contínua das tecnologias de definição de vírus e detecção de spam que oferecem proteção máxima.

Para obter mais informações sobre os quatro Serviços Hospedados do Exchange, consulte Serviços Hospedados do Microsoft Exchange.Proteção em camadas

O Exchange Hosted Filtering possui cinco camadas de funcionalidades de prevenção e proteção para impedir que as ameaças enviadas por email, cada vez mais complexas, se infiltrem na empresa e violem as diretivas corporativas de uso de email. Os cinco componentes são:

  • Prevenção de ameaças   A primeira camada de proteção usa muitas técnicas, incluindo análise da reputação do remetente, para eliminar o lixo eletrônico. Os Serviços de diretório, um componente da Prevenção de ameaças, permitem que as empresas especifiquem todos os usuários válidos em um domínio para bloquear emails de entrada endereçados a destinatários inválidos. Eles também protegem contra ataques de coleta de diretório.
  • Proteção antivírus   Esse filtro reúne diversos mecanismos antivírus com recursos de detecção heurística para fornecer proteção contra ataques de hora zero, minimizando a janela de vulnerabilidade após o início de uma epidemia de vírus.
  • Proteção anti-spam   Ao dividir as tecnologias anti-spam em camadas, o filtro anti-spam detecta todos os tipos de spam antes de eles atingirem a rede corporativa. As tecnologias incluem pontuação baseada em regras, impressão digital e pesquisas de SPF (Sender Policy Framework).
  • Imposição de diretivas   Os administradores podem usar o gravador de regras de diretivas altamente flexível para controlar a conformidade do fluxo de emails. O filtro de diretivas oferece diversas ações de regras, como rejeitar, permitir e redirecionar. Ele também oferece suporte à correspondência de padrões no assunto e no corpo do email.
  • Recuperação de desastre   A entrega dos emails legítimos deve ser garantida. Os emails filtrados são protegidos pelo enfileiramento instantâneo e automático das mensagens para entrega posterior, caso o servidor de email de destino não esteja disponível.

A implantação do Exchange Hosted Filtering é direta. O registro MX original do cliente, como mail.contoso.com, é substituído por um ponteiro para a rede do Exchange Hosted Filtering, mail.global.frontbridge.com. Nas próximas 24 horas, essa alteração será propagada por toda a Internet, e o fluxo de emails passará a ser feito da rede do Exchange Hosted Filtering para os servidores de email da empresa.

Por meio do console de administração dos Serviços Hospedados do Exchange baseado na Web, os administradores podem configurar filtros para cada domínio e exibir relatórios detalhados sobre o desempenho dos filtros.A experiência dos usuários finais

Os usuários finais podem revisar mensagens em quarentena por meio de uma interface baseada na Web que permite excluir spams, enviar um email em quarentena para suas caixas de entrada ou reportar falsos positivos. Por padrão, os Serviços Hospedados do Exchange armazenam mensagens em quarentena por 15 dias e, em seguida, as excluem automaticamente. Como alternativa, os administradores podem configurar o Exchange Hosted Filtering para enviar um resumo por email aos usuários sobre os spams em quarentena nos últimos n dias, onde o administrador é quem define o valor de n. A partir desse resumo por email, os usuários podem rapidamente revisar mensagens e executar a maioria das ações que eles realizariam se estivessem conectados à interface baseada na Web.

A rede dos Serviços Hospedados do Exchange: distribuída globalmente para garantir a alta disponibilidade

O Exchange Hosted Filtering funciona na rede globalmente distribuída dos Serviços Hospedados do Exchange. Essa rede emprega uma arquitetura redundante e tolerante a falhas, com balanceamento de carga site a site e também interno em cada data center. Se um data center estiver indisponível, o tráfego será automaticamente roteado para outro data center, sem interrupções no serviço. A rede dos Serviços Hospedados do Exchange se provou eficaz ao ajudar a proteger os servidores de email dos clientes contra epidemias de spam e vírus, ataques de negação de serviço, inundações de notificação de falha na entrega (NDR), ataques de coleta de diretório, ataques de dicionário e outras formas de abuso por email. O mapa a seguir mostra os locais físicos dos data centers que compõem a rede global dos Serviços Hospedados do Exchange.

Todas as mensagens processadas pelo Exchange Hosted Filtering são criptografadas por meio do TLS. O serviço Exchange Hosted Filtering tenta enviar todas as mensagens usando o TLS, mas passa automaticamente a usar o SMTP caso o servidor de email de destino não esteja configurado para usar o TLS. Essa abordagem garante total privacidade de todos os emails enquanto estiverem no ambiente de filtragem hospedado e de todas as mensagens enviadas para outras organizações com servidores de email habilitados para TLS.

Suporte técnico

A equipe de suporte técnico do Exchange Hosted Filtering é treinada e tem os recursos adequados para fornecer soluções de maneira rápida e clara, tanto por telefone como por email. A equipe de suporte pode ser acessada facilmente e permanece em contato direto com cada cliente até a resolução de todas as questões. O Exchange Hosted Filtering também oferece ferramentas de suporte online, incluindo FAQs e guias passo a passo. Números de incidente de suporte são emitidos caso sejam necessárias chamadas de acompanhamento.

Para oferecer treinamento para o Exchange Hosted Filtering, Especialistas do produto ministram aulas detalhadas várias vezes por semana, sem custos adicionais. Os membros da equipe de TI são convidados a agendar e participar dessas aulas na freqüência que necessária. Recomenda-se a participação em cursos de atualização a cada ano, para se manter atualizado sobre os novos recursos adicionados ao serviço.

Contratos de nível de serviço

Como o email é um recurso essencial, o Exchange Hosted Filtering inclui contratos de nível de serviço (SLAs) abrangentes, que atuam como um apoio ao desempenho da rede e à eficiência da filtragem de spam e vírus. Os SLAs incluem o seguinte:

  • Infra-estrutura da rede de filtragem
  • Tempo de atividade da rede: 99,999%
  • Entrega de emails: compromisso de entrega médio inferior a dois minutos
  • Precisão da filtragem
  • Bloqueio de vírus: 100% de proteção contra todos os vírus em emails conhecidos
  • Captura de spam: captura de pelo menos 95% de todos os spams de entrada
  • Proporção de falsos positivos: compromisso de menos de um falso positivo em cada 250.000 emails

Fonte: Technetbrasil